Caracteres sexuais primários e secundários

É menino ou menina?

Será possível determinar o sexo destes bebés? É uma tarefa impossível!

Só conseguimos conhecer o sexo dos bebés através dos seus órgãos sexuais (ou órgãos genitais). Para além destes, não há mais diferenças.

Aos órgãos sexuais chamamos caracteres sexuais primários. Os caracteres sexuais primários acompanham-nos desde o nascimento, daí o termo primários!


Na infância, com excepção dos órgãos genitais (caracteres sexuais primários), o corpo das raparigas continua muito semelhante ao dos rapazes. Contudo, a partir de uma certa idade, começa a verificar-se uma série de transformações que vão progressivamente acentuando as diferenças entre os géneros (masculino e feminino). Estas são as alterações necessárias para se adquirir a capacidade reprodutiva (de ter filhos).

A esta fase da vida em que se iniciam as alterações no corpo de rapazes e raparigas chamamos puberdade (acontece, em média, entre os 8 e os 14 anos nas raparigas e entre os 9 e os 15 anos nos rapazes). A puberdade está normalmente associada a uma fase de crescimento acentuado.

Na puberdade surgem os caracteres sexuais secundários (vêm a seguir aos primários). Os caracteres sexuais secundários são modificações do corpo que ocorrem devido ao funcionamento do sistema reprodutor e que permitem distinguir o rapaz da rapariga.




Modificações na aparência do corpo em ambos os sexos, desde a infância até à fase adulta.

São os caracteres sexuais secundários os responsáveis pela diferenciação clara entre os indivíduos do sexo masculino e feminino (pelo dimorfismo sexual na nossa espécie).



Principais caracteres sexuais secundários nos dois sexos:



Rapazes


- Desenvolvimento dos testículos e do pénis;
- Crescimento de pelos em todo o corpo, em particular na zona púbica, nas axilas e na face (barba);
- Alargamento dos ombros;
- Desenvolvimento dos músculos;
- Alteração da voz (torna-se mais grave).



Raparigas


- Desenvolvimento das mamas;
- Alargamento das ancas;
- Crescimento de pelos, especialmente na zona púbica e nas axilas;
- Aparecimento da menstruação.




Juntamente com as modificações do corpo surgem também alterações em termos emocionais e de comportamento. Todas estas modificações vão-se prolongar por um período mais longo, até se alcançar a idade adulta. A fase da vida entre a infância e a idade adulta chama-se adolescência. A puberdade marca o início da adolescência.

A fase da vida em que deixamos de ser crianças e, pouco a pouco, nos vamos transformando em adultos é fascinante! No entanto pode, por vezes, provocar sentimentos de dúvida, de ansiedade e insegurança. Mas afinal tudo isso é normal e faz parte do crescimento e do amadurecimento. Presta atenção ao seguinte vídeo:


çlkj

8 comentários:

Anónimo disse...

está muito fixe stor Pedro Pinho 6ºA nº 19

Anónimo disse...

estou a estudar para o teste e estou a perceber melhor do que se estivesse a estudar pelo livro.

David 6ºA nº12

Anónimo disse...

tou a curtir bue

Anónimo disse...

esta muito fixe setor paulo gandra

Anónimo disse...

obg ajudou imenso
<3

Leila Ribeiro disse...

Parabéns pela matéria! Bem estruturada e com um conteúdo muito bom!

Anónimo disse...

Espero que me ajude no teste...
Obrigada na mesma

RDA disse...

está mesmo muito bom